17 de dezembro - 2017  

Aprenda a construir viga baldrame para a fundação da obra

A fundação é um dos pontos mais importantes em uma obra, afinal, ela será responsável por segurar e manter firme toda a construção por longos anos. Por isso, a escolha do método executivo é uma das tarefas que mais exigem conhecimento técnico do pedreiro ou do responsável pela construção. A viga baldrame é um desses métodos.

A viga baldrame é um tipo de fundação bastante usado nas construções brasileiras, mas, apesar da sua popularidade, é fundamental que você se atente a alguns pontos importantes, garantindo que a obra terá qualidade e que nenhum problema acontecerá ao longo dos anos.

Quer saber mais sobre a viga baldrame? Continue a leitura e veja as dicas importantes que trouxemos!

Mas afinal, o que é a viga baldrame?

A viga baldrame é o que sustenta a obra, sendo responsável por evitar o surgimento de trincas nas paredes, umidade e outros problemas que podem acabar comprometendo a segurança dos moradores.

Graças a ela, todo o peso da construção é repassado ao terreno, e por isso a viga baldrame costuma ser mais indicada para cargas leves, ou seja, para casas de pequeno porte construídas sobre solo firme.

O baldrame é composto por uma viga, geralmente de alvenaria, podendo ser feita de concreto simples ou armado. Se você precisar de uma fundação mais profunda, o conselho é usar a viga baldrame com blocos de fundação e estacas brocas.

Também existe a possibilidade de uso da viga baldrame pré-moldada, principalmente quando se deseja realizar uma obra rapidamente, já que você conseguirá economizar bastante tempo com essa estrutura. Nesses casos, basta posicionar a viga pré-moldada nos pontos onde elas serão fixadas e concretar os pontos de união.

O que preciso saber antes de construir uma viga baldrame?

Antes de construir uma viga baldrame, existem alguns itens que você precisa se atentar, como é o caso dos conduítes para passagem de fios de telefone e de energia elétrica, que já devem ser pensados e planejados antecipadamente, bem como a rede de esgoto.

Neste último caso, é preciso atenção redobrada, já que, na maioria das vezes, a água que vai da pia da cozinha costuma descer para uma caixa de gordura, enquanto que a água da pia do banheiro e dos lavabos é levada para a caixa sifonada. A ligação entre as tubulações é a responsável por levar a água diretamente à caixa de inspeção.

Em relação aos conduítes de telefone e de energia elétrica, você precisa se lembrar de que eles deverão atravessar a viga baldrame, por isso, é importante fazer as entradas antecipadamente, evitando cobrir os conduítes durante a obra ou enchê-los com concreto.

Mais um ponto importante é se lembrar de calcular os espaços entre as paredes de alvenaria da casa, deixando uma fiada de blocos com metade da espessura e um vão de alguns centímetros.

Como faço para construir uma viga baldrame?

Agora que você já viu alguns pontos importantes antes de começar a construção da viga baldrame, veja o passo a passo que montamos com orientações importantes:

Passo 1

Faça uma leve camada de concreto magro e abra uma vala com cerca de 20 centímetros de largura. É importante que essa vala tenha cerca de 50 cm de profundidade.

Atente-se à profundidade da vala da viga baldrame. Imagem: Fundações9c.

Passo 2

Se o terreno for inclinado, corte a vala em formato de degraus. Para isso, você pode considerar uma linha imaginária de 10% calculada sobre o valor de inclinação.

Passo 3

Em seguida, amasse bem a parte do fundo da vala, de maneira que ela fique uniforme e bem compactada. Cave alguns piquetes (estacas) ao longo da extensão, que funcionarão como uma referência para que o fundo de concreto fique uniforme e bem nivelado.

Passo 4

No fundo da vala, jogue uma camada de cerca de 10 centímetros de brita e então soque bem para que ela penetre na terra.

Passo 5

Os sarrafos e tábuas ajudam a sustentar a viga baldrame em construção. Imagem: Marmo Engenharia.

Monte a armadura, colocando em posição os estribos, que devem ficar amarrados em barras de formato horizontal. Vá amarrando com arame e colocando os mesmos nos espaços predeterminados no projeto da obra. É importante também que as formas estejam preparadas (para isso, use sarrafos e tábuas).

Passo 6

Depois de posicionar a armadura na vala, comece a concretagem da viga baldrame. Adense bem o concreto usando uma barra de aço ou vibrador. Se a viga baldrame for enterrada, aplique uma calda de cimento nas laterais do terreno, antes da concretagem, para evitar a contaminação do concreto com solo.

Se a viga for aérea, utilize sarrafo e tábuas como formas, aplicando desmoldante antes da concretagem para facilitar a desforma. Isso irá aumentar a durabilidade das formas e evitará a aderência do concreto na madeira.

Passo 7

Por três dias, o concreto da viga baldrame passará por uma cura úmida, isso significa que você deverá sempre mantê-lo umedecido

Passo 8

Após um dia de finalização da concretagem da viga baldrame, você deve começar a fazer a parte de alvenaria, colocando os blocos de concreto sobre a sapata.

Passo 9

Espere 3 dias para remover as formas. Faça isso com uma cinta de amarração.

Passo 10

Termine o processo impermeabilizando a viga baldrame.

Não se esqueça de realizar o processo de impermeabilização da viga baldrame. Imagem: Imperfran.

Pontos que merecem cuidado para a construção da viga baldrame

Alguns pontos são importantes nesse processo:

  • lembre-se que a preparação da viga baldrame é feita por meio de uma forma de madeira em toda a extensão do baldrame, antes da concretagem. É importante fazer essa forma com pelo menos 10 centímetros de folga, permitindo que o contrapiso seja feito posteriormente;
  • nas paredes internas, você poderá usar canaletas próprias, adquiridas exclusivamente para fazer a forma do baldrame;
  • sempre deixe tudo bem alinhado, evitando que o contrapiso fique torto;
  • após o preparo das formas, você deverá fazer as armaduras da viga baldrame com barras de aço. Para definir a quantidade e o diâmetro correto destas armaduras, converse com o engenheiro responsável que estará apto a fazer o cálculo estrutural de toda a edificação;
  • todos os estribos devem ser menores que as formas, permitindo que quando o concreto seja colocado na forma exista um espaçamento de mais de 2 centímetros entre as ferragens e a forma. Este espaçamento é chamado de cobrimento e é importante para garantir a durabilidade da estrutura;
  • somente depois de montar toda essa estrutura é que você deverá começar a concretagem.

Então, depois desse conteúdo ficou mais fácil construir uma viga baldrame? Aproveite e confira nossa página no Facebook para mais dicas de construção e decoração!