19 de outubro - 2018  

O que é telhado verde e como fazer um para sua casa

Muitas pessoas têm buscado técnicas construtivas que agridam menos o meio ambiente e ainda tragam benefícios extras, como redução no consumo de energia elétrica, de água, entre outros. Uma dessas opções é o telhado verde, que pode ser usado como cobertura de escritórios, residências e de vários tipos de construções.

Quer saber mais sobre o telhado verde e descobrir como usá-lo na sua próxima obra? Então continue a leitura!

Mas, afinal, o que é o telhado verde?

O telhado verde, também conhecido como terraço jardim, cobertura vegetal, telhado ecológico, ecotelhado, entre outros nomes, consiste em uma técnica que usa uma cobertura impermeável sobre o telhado ou a lajota da casa, que deverá ser coberta com terra e com plantas.

O telhado verde é coberto por terra e por plantas. Imagem: Wikimedia Commons.

O telhado verde é coberto por terra e por plantas. Imagem: Wikimedia Commons.

É possível usar algumas técnicas no telhado verde, como:

  • intensiva ou semi-intensiva: o telhado fica mais espesso e permite uma variedade maior de plantas, porém, pode ser uma técnica mais pesada e que tem uma exigência maior por manutenções. Nesse caso, a espessura mínima de instalação é de 20 centímetros;
  • extensiva: deixa o telhado mais leve e fino, com uma espessura máxima de 8 centímetros e coberto com forração. Costuma ser mais barata, porém, não suporta uma boa carga de águas de chuva.

Quais os benefícios trazidos pelo telhado verde?

O telhado verde tem sido muito procurado por pessoas que desejam uma arquitetura mais sustentável justamente devido aos seus benefícios, tais como:

  • redução da temperatura, já que os telhados verdes absorvem 90% mais calor que os sistemas convencionais, evitando que esse seja propagado para o interior das construções, o que reduz a necessidade de ar condicionado;
  • melhora na qualidade do ar do entorno da construção, já que as plantas do telhado verde ajudam na produção de oxigênio;
  • retenção de água da chuva, evitando que essa atinja as galerias urbanas, retardando o caminho da água e reduzindo o problema das enchentes em regiões problemáticas;
  • reequilíbrio ambiental, graças ao uso de plantas nativas que ainda podem servir como habitat para pássaros e outros animais;
  • terraço agradável que pode ter diversos usos;
  • melhora no isolamento acústico da residência.

Quais as desvantagens do uso do telhado verde?

Como todas as técnicas construtivas, o telhado verde também pode apresentar algumas desvantagens que precisam ser analisadas, como:

  • maior investimento financeiro do que as técnicas tradicionais;
  • necessidade de manutenção frequente para manter a estrutura com boa aparência e saudável;
  • restrição de estruturas que podem receber o telhado verde;
  • necessidade de mão de obra especializada para evitar problemas como vazamentos e infiltrações.
O telhado verde exige um investimento maior que os telhados tradicionais. Imagem: Decoist.

O telhado verde exige um investimento maior que os telhados tradicionais. Imagem: Decoist.

Quais estruturas podem suportar o telhado verde?

Como dissemos no tópico anterior, antes de optar pelo telhado verde é muito importante que você procure mão de obra especializada, pois, infelizmente, nem todas as estruturas podem receber a sua aplicação.

Em geral, essa cobertura pode ser usada em construções que tenham estruturas de concreto, de metal ou de madeira. Outros pontos que precisam ser considerados são:

  • a camada de drenagem de água, que deve ser de mais ou menos 7 centímetros;
  • a resistência da estrutura;
  • a impermeabilização correta;
  • a presença da camada de substrato (de acordo com a vegetação que será plantada);
  • o uso de uma manta permeável protetora que garanta que as raízes das plantas não irão danificar a construção;
  • a escolha correta da vegetação, de acordo com a luz presente no ambiente e outras características, como umidade e uso do espaço.

Também é fundamental que seja realizado um cálculo estrutural prevendo a carga total de toda a estrutura do telhado verde, somando-se nessa conta o substrato, a vegetação e a água da chuva acumulada.

Como fazer um telhado verde na minha casa?

Para montar um telhado verde, você precisará, basicamente, de quatro camadas distintas, sendo que cada uma delas possui uma função própria.

Normalmente é usado o próprio telhado ou a lajota como base para construção, aplicando sobre essa base, primeiro, uma membrana à prova de água (protegendo o teto da casa contra umidade), em seguida, uma barreira contra as raízes das plantas, chamada de placa contentora. Sobre ela coloca-se um sistema de drenagem de água e, por último, um tecido permeável no qual a terra é colocada e as vegetações são plantadas.

Embora esse sistema possa parecer simples em um primeiro momento, é fundamental que você tenha apoio técnico especializado, calculando adequadamente a carga estrutural que a sua construção é capaz de suportar, o tipo e a técnica de telhado verde mais indicado para a sua casa, as camadas que serão aplicadas, entre outras informações.

Cada tipo de construção exige uma técnica diferente para a aplicação do telhado verde. Imagem: Living Roofs.

Cada tipo de construção exige uma técnica diferente para a aplicação do telhado verde. Imagem: Living Roofs.

Agora você já tem as informações principais para avaliar se é possível usar o telhado verde na sua construção. Se você ficou com alguma dúvida sobre a técnica ou gostaria de compartilhar a sua experiência com o telhado verde, aproveite e comente abaixo!