10 de outubro - 2018  

Aprenda aqui como construir um telhado duas águas

O telhado duas águas é um dos modelos mais comuns nas casas brasileiras, ele tem um ótimo apelo estético e é muito prático como cobertura, protegendo casas dos mais variados tamanhos e impedindo que a água se acumule por conta da sua inclinação.

Além de ser esteticamente bonito, este tipo de telhado é muito prático e não acumula água. Imagem: zanitelhadosechurrasqueiras.

Além de ser esteticamente bonito, este tipo de telhado é muito prático e não acumula água. Imagem: zanitelhadosechurrasqueiras.

O telhado duas águas vem sendo construído desde o tempo dos romanos, que possuíam um arranjo similar para proteger suas casas.

Se você tem dúvidas sobre o que exatamente é um telhado duas águas, quer saber quais são suas principais vantagens em relação aos outros tipos de telhado e como construí-lo, continue a leitura!

O que é um telhado duas águas?

Um telhado duas águas se apresenta, normalmente, como uma estrutura quadrada ou retangular, podendo ser dividida ou não, dependendo se as necessidades do morador são relacionadas à estética da casa, à alta incidência de chuvas, ventos fortes na região,números de andares da construção etc.

Dessa forma, cada uma das divisões de um telhado retangular e que apresentam inclinação própria, proporcionais a outra metade e partem de um ponto central compartilhado, são chamadas de águas.

Um telhado duas águas é um telhado quadrado ou retangular que foi dividido ao meio, sendo que cada uma das partes iguais se inclina a partir do mesmo ponto central.

O telhado duas águas pode ser feito a partir de qualquer material de telhas, mas no Brasil eles normalmente são feitos com telhas cerâmicas, seguindo o modelo colonial.

Mas e o que um telhado duas águas tem de diferente de outro telhado, com apenas uma água ou mais? Veja adiante!

Diferenças do telhado duas águas

A maior diferença que o telhado duas águas apresenta em relação aos que possuem apenas uma água é a inclinação obrigatória das telhas, que normalmente gravita em torno dos 15º as 45º.

Os telhados com uma água só são normalmente reservados para construções pequenas, que não querem gastar demais com o madeiramento e que se utilizam de soluções diferenciadas, como as telhas de fibrocimento para cobrir a estrutura.

Nesse ponto, a maior vantagem que o telhado duas águas apresenta na obra é a sua inclinação para o escoamento da água. Os telhados de apenas uma água apresentam certo grau de inclinação, é verdade, mas os de duas águas possuem duas saídas para que a água escoe e não se acumule no seu interior. Daí o nome: telhado duas águas, que é o mesmo que dizer que o telhado que possui duas formas de escoamento de água.

Não existe uma recomendação ideal para a construção de telhados, mas em áreas chuvosas é muito melhor ter um telhado com maior capacidade de escoar a água das chuvas constantes, pois a manutenção de telhas quebradas,trocar o madeiramento apodrecido e resolver infiltrações são atividades custosas e que dão muito trabalho.

Aprenda a construir um telhado de duas águas

Construir um telhado de duas águas é bastante comum, você provavelmente já deve saber dos requisitos básicos da sua construção, principalmente se já trabalha há algum tempo em obras residenciais. Contudo, apesar de comum, essa técnica deve ser seguida com a supervisão de profissionais.

O telhado duas águas é constituído de algumas estruturas essenciais:

  • A Tesoura: estrutura triangular de madeira, ou de alvenaria, que normalmente localiza-se nos extremos do telhado;
  • As terças: são as tábuas que ficam ligadas diretamente à tesoura, sustentando a trama;
  • Os caibros: vigas de madeira colocadas sobre as terças;
  • As ripas: São as vigas de madeira que sustentam as telhas através do cruzamento com os caibros. Aos caibros e as terças já instalados dá-se o nome de trama.

Essa é a composição básica do madeiramento de um telhado. O que distingue o telhado duas águas de um com apenas uma é a utilização da tesoura.

O telhado de duas águas é recomendado em áreas chuvosas, pois facilita o escoamento da água. Imagem: eder70.

O telhado de duas águas é recomendado em áreas chuvosas, pois facilita o escoamento da água. Imagem: eder70.

Para conseguir o efeito desejado de divisão pela cumeeira, que é o meio do telhado, você precisa dividir a tesoura ao meio. Uma das terças deve ser instalada bem no vértice superior da tesoura, ou seja na sua ponta mais alta, que normalmente também é o ponto mais alto de toda a construção.

A altura da terça mais alta está diretamente relacionada com o tamanho da tesoura, que por sua vez também irá definir qual é a inclinação do telhado. Uma terça menor indica um telhado com menos inclinação, enquanto uma maior quer dizer que o seu telhado é mais inclinado.

Com isso feito, tudo o que você precisa fazer agora é construir a trama em cada um dos lados divididos. Coloque primeiro os caibros, que darão sustentação para as ripas e que devem ser colocadas logo em seguida.

Quando todo esse processo estiver pronto e bem verificado, você só irá precisar instalar as telhas e pronto! Você construiu o seu telhado duas águas com sucesso!

Inspecione o madeiramento, garantindo que sejam madeiras legais, assim terá um telhado duas águas de qualidade. Imagem: decorandoacasa.

Inspecione o madeiramento, garantindo que sejam madeiras legais, assim terá um telhado duas águas de qualidade. Imagem: decorandoacasa.

Não se esqueça de usar materiais de qualidade, pois todo o trabalho de criar dois pontos de escoamento pode ir por água abaixo se suas telhas não forem de primeira linha.

Você tem experiência com a construção de telhados duas águas? Então divide com a gente usando os comentários abaixo.