26 de setembro - 2017  

Solo cimento: como fazer uma obra sustentável e mais barata?

A construção civil deve sempre se preocupar com a segurança das suas estruturas, a qualidade dos serviços e dos materiais, o custo da obra como um todo e a sustentabilidade. Uma boa solução para cumprir com todos esses requisitos é o solo cimento.

O solo cimento vem sendo usado como alternativa para substituir os tijolos de cerâmica. Imagem: Atlantica Invest

O solo cimento, material confiável e de ótima qualidade, vem como uma alternativa para os materiais estruturais utilizados hoje. E ele vem com um grande diferencial: a sustentabilidade.

Neste artigo, vamos mostrar o que é o solo cimento, suas principais características e suas aplicações em obras. Vamos lá?

O que é o solo cimento?

O solo cimento consiste em uma mistura entre água, solo e cimento, e está presente em pequenos tijolos, massa batida, pavimentos, etc. Praticamente qualquer tipo de solo pode ser utilizado para sua confecção, contudo aqueles que contêm matéria orgânica em sua composição não são recomendados. Esses solos costumam ter uma coloração mais escura, o que facilita na hora de identificá-los.

O solo cimento, além de mais barato, pode ser usado de diversas formas e em diversos ambientes, inclusive como substituto para a argila dos tijolos clássicos. Imagem: Ecodomusbrasil

O solo cimento é um material muito mais barato de se fazer do que a grande maioria dos vendidos em larga escala em lojas de materiais de construção, e conta com uma utilização ampla, grande confiabilidade e sustentabilidade.

Ao contrário da cerâmica vermelha, que por muitas vezes desmata áreas ambientais para extração de argila, a fabricação de solo cimento não gera graves problemas ambientais, se tornando uma alternativa completamente ecológica.

O melhor é que seus custos de fabricação são muito reduzidos, tanto em dinheiro e maquinário quanto em trabalho. Ele pode ser feito localmente pelos trabalhadores da sua obra ou por artesãos da cidade, o que estimula o empreendedorismo da região.

Não há motivos para não usar o solo cimento como alternativa ao tijolo cerâmico na sua obra. Confira nos próximos tópicos seus principais usos.

Principais usos do solo cimento

O solo cimento pode ser usado de diversas formas e possui aplicações muito variadas dentro da obra, além de reduzir custos e promover a sustentabilidade.

Abaixo listamos seus principais usos dentro das obras hoje em dia e quais são as melhores maneiras de se migrar para esse material.

Paredes

O solo cimento tem um alto isolamento térmico, o que permite que seja usado como material principal no erguimento de paredes de casas em forma de blocos.

O solo cimento é ideal para construir paredes de casas. Imagem Revista Geração Sustentável

Por ser um material mais barato e mais sustentável do que as outras opções, como os blocos de concreto e os tijolos cerâmicos vermelhos, usar o solo cimento para construir casas garante muita economia e maior respeito ao meio ambiente.

E você não precisa se preocupar ao construir utilizando tijolos de solo cimento: eles são tão confiáveis quanto os materiais mais utilizados e têm uma longa vida útil.

Massa compactada

O solo cimento também pode se apresentar em uma forma semelhante ao concreto: em grandes estruturas e fundações como uma massa compactada e altamente resistente.

A massa é criada a partir da mistura simples dos componentes, e depois aplicada e compactada em uma forma de madeira, no sentido vertical e em camadas. A secagem leva alguns dias, como o concreto, e o resultado é seguro e extremamente resistente.

Esse processo é uma evolução da massa utilizada no período colonial, onde a grande maioria das casas era feita dessa maneira. Vale a pena notar que muitas delas estão em pé até hoje.

Pavimentação

O solo cimento também pode ser moldado com a ajuda de formas na criação de blocos para o pavimento, como os paralelepípedos e os retângulos de concreto, tão populares nas ruas brasileiras.

O solo cimento pode também ser usado para pavimentação. Imagem: Tecpar Pavimentação Ecológica.

O pavimento feito a base de solo cimento é altamente durável, mesmo com grande fluxo de pessoas passando por ele, e por ter um custo reduzido e a capacidade de ser produzido dentro da própria obra, aumenta consideravelmente a economia feita na construção.

Muros de arrimo a base de sacos

Uma solução prática e rápida para segurar a terra em terrenos inclinados ou com alto desnível é o muro de arrimo, que pode ser feito com o solo cimento ensacado.

O solo cimento pode ser usado para fazer um muro de arrimo ecológico. Imagem: Engconsultoria.

A mistura é preparada previamente e depois ensacada. A “boca” do saco é então selada com barbante ou outro material semelhante, e os sacos são deixados para secar. Depois que secam, são empilhados na posição em que são necessários e pronto: seu muro de arrimo já está plenamente funcional, tudo de maneira prática e rápida.

Viu só quantas funções tem o solo cimento? Além de ser mais barato e mais ecológico, ele ainda tem mais aplicações que a maioria dos outros materiais mais populares.

Se você busca por uma forma de economizar e ainda ajudar o meio ambiente, cogite usar o solo cimento na sua obra. A natureza e o seu bolso agradecem!

Gostou deste artigo? Temos muito mais dicas de construção no nosso blog. Confira!