25 de setembro - 2017  

Laje nervurada: o destaque das grandes construções

Você já ouviu falar da laje nervurada? No artigo de hoje, vamos falar sobre essa técnica que vem sendo cada vez mais usada por grandes construtores, que se preocupam tanto com o custo da sua obra quanto com a segurança.

Um dos maiores custos nas construções de prédios e grandes estruturas hoje em dia é com o concreto e aço, que precisam ser de boa qualidade e bem aproveitados na obra. Eles estão presentes em praticamente todas as partes das obras e são responsáveis pela sustentação dos edifícios de forma eficiente e segura.

A laje nervurada vem para mudar esse cenário de grandes gastos e ajudar na economia das construções. Ficou interessado no assunto? Acompanhe nosso artigo para saber mais!

O que é a laje nervurada?

A laje nervurada é um sistema construtivo que utiliza precisão milimétrica para calcular a quantidade exata de concreto e, a partir daí, construir uma laje eficiente e segura.

Usando esse cálculo, a laje nervurada é construída apenas com o concreto necessário, evitando desperdícios que normalmente acontecem na produção de lajes normais.

A laje nervurada usa somente o concreto necessário em sua construção. Imagem: Arcoweb

Normalmente feita com formas na hora da concretagem ou com moldes de isopor, a laje nervurada se apresenta como uma série de nervuras (como seu nome indica) conectadas entre si e formando vigas cruzadas que apoiam a estrutura.

Por ser construída dessa forma, a laje nervurada dispensa a necessidade de vigas e armações, já que as próprias extremidades dos quadrados (ou das outras formas geométricas)  realizam a sustentação com segurança.

Porém, mesmo dispensando vigas e armações, é importante utilizar pilares de apoio em alguns pontos, dependendo da altura do edifício, já que a laje nervurada em prédios grandes também apresenta menor resistência à ação dos ventos e à punção.

Agora que você já sabe o que é e como funciona uma laje nervurada, continue a leitura para saber quais são os seus benefícios para a construção de um edifício!

Vantagens da laje nervurada

A laje nervurada apresenta algumas grandes vantagens em relação às lajes comuns, sendo a economia de materiais, e consequentemente de dinheiro gasto com esse procedimento, a maior delas.

Um desses materiais economizados é o concreto. Por ter vários vãos na sua estrutura, a laje nervurada utiliza somente a quantidade exata de concreto para deixá-la sólida e segura, evitando desperdícios.

Uma das vantagens da laje nervurada é a economia de materiais, tanto concreto quanto aço. Imagem: Fiveprime.

E onde se economiza em concreto, também se economiza em aço. Estudos de caso recentes na área de engenharia mostram que é possível economizar em até 30% no uso de aço para construir uma laje nervurada, já que as próprias beiradas das estruturas funcionam como mini-vigas de sustentação, dispensando o uso de armações.

Além dessa ampla economia de custos, você também economiza no tempo da sua obra. Algumas soluções em lajes nervuradas, como as treliçadas e pré moldadas, garantem uma aplicação muito mais ágil e com o mesmo nível de segurança de uma laje tradicional, especialmente em prédios com poucos pavimentos.

Pontos negativos da laje nervurada

As desvantagens da laje nervurada não dizem respeito à sua estrutura em si, mas sim à forma que você pretende utilizá-la e à construção.

Se o prédio for de grande porte, é necessário o uso de pilares de sustentação de concreto armado para a laje nervurada. Imagem: SketchUcation.

Se o seu prédio for de grande porte, com mais de dez andares, você provavelmente precisará do apoio de alguns pilares de sustentação em concreto armado, o que gera custos com aço e concreto. Mas, ainda assim, o custo é bastante reduzido quando você compara a laje nervurada com a tradicional, de concreto armado.

Além disso, por se tratar de uma operação sensível, é necessário um cuidado muito maior na hora de concretar uma laje nervurada, já que os vãos são milimetricamente calculados e não pode faltar concreto em nenhum ponto: isso pode comprometer toda a integridade estrutural!

E, por último, temos a complexidade da construção de uma laje nervurada, que precisa ser planejada meticulosamente pelos engenheiros e projetistas, levando em consideração a altura do edifício, os ventos que passam por ele e a largura dos vãos.

Como tudo na engenharia civil, o cuidado é peça essencial para a criação de uma laje nervurada que consiga economizar nos materiais sem perder a sua integridade estrutural.

Por isso, não deixe de conferir o nosso blog para mais artigos como esse. Temos várias dicas para deixar sua construção mais econômica, moderna e segura. Acompanhe também nossa página no Facebook para ficar por dentro das novidades!