4 de Maio - 2018  

Como colocar porcelanato de forma fácil e rápida

Você sabe como colocar porcelanato no piso ou nas paredes? A tarefa exige uma boa técnica e prática para ser feita da maneira correta, sem quebrar as peças, sem problemas com o alinhamento e, o mais importante, sem gastar tempo demais e muito esforço.

É sempre importante deixar claro que tarefas mais delicadas, como colocar porcelanato, exigem as ferramentas corretas e, muitas vezes, a ajuda de um profissional qualificado para realizar o trabalho. Dessa forma, você tem a garantia de um serviço bem feito.

Quer saber como colocar porcelanato de forma rápida, prática e eficiente? Você veio ao lugar certo! Veja, a seguir, algumas dicas que vão facilitar o seu dia a dia na obra.

Tudo pronto? Então vamos começar!

Como colocar porcelanato errado causa problemas?

Colocar porcelanato é um trabalho muito delicado, por isso é necessário prestar bastante atenção na tarefa para que você não enfrente problemas no momento da instalação e no futuro.

Colocar porcelanato é um processo sensível, é necessário muito cuidado. Imagem: B&Q.

O porcelanato é diferente da maioria dos pisos, em especial dos azulejos.  Podem se parecer bastante com as peças cerâmicas, mas possuem grandes diferenças na instalação.

Os porcelanatos são mais finos que os azulejos e outros pisos vendidos em placas, como a ardósia, que por sua vez possuem uma resistência maior à impactos.

Assim, se você usar as mesmas técnicas de assentamento de  azulejo, como a pressão com as mãos para a fixação ou bater na placa com um martelo de borracha, é bem provável que a peça se quebre com facilidade ou apresente micro rachaduras, que com o tempo contribuem para o enfraquecimento da placa.

Além de problemas com a quebra, o nível e com a qualidade do contrapiso também devem ser levados em consideração. É preciso fazer um estudo das dimensões das peças (paginação) antes de começar o trabalho para não ter frustrações, espaços em branco e peças tortas. O contrapiso também deve estar completamente limpo para que a fixação seja total.

Se não for colocado com cuidado, o porcelanato pode quebrar. Imagem: Laferida.

É importante que você utilize materiais de qualidade, para que a colagem seja perfeita e não deixe escorrer água para o contrapiso abaixo, o que pode deteriorar as peças e causar sérios problemas de infiltração. Por isso, não escolha a argamassa mais barata, mas sim a que oferece o melhor custo benefício!

Como colocar porcelanato de forma rápida e fácil?

Neste tópico, trazemos um passo a passo fácil de seguir para que você não tenha mais problemas na hora de colocar porcelanato na sua obra!

Deixe tudo bem limpo

Como o assentamento do porcelanato é algo a ser feito com cuidado, é mais recomendável realizá-lo sobre um contrapiso, desde que esse já tenha passado por um período de cura de, no mínimo, 14 dias.

Antes de começar não se esqueça de deixar o contrapiso bem limpo e eliminar todas as suas imperfeições. Limpe a área com um vassourão de aço e, se não houver poças ou caroços na superfície, é hora de aplicar o porcelanato!

Aplique a argamassa

Com a desempenadeira, aplique a argamassa colante de acordo com o ambiente onde as peças de porcelanato serão instaladas. Não sabe qual argamassa utilizar? É simples: existem argamassas colantes específicas para assentamento de porcelanato em áreas externas ou internas. Verifique nas embalagens desses produtos ou solicite orientação profissional.

Aplique a argamassa colante com cerca de 1 cm de espessura, o ideal para assentar as placas de porcelanato.

Sulque a argamassa

Enquanto a argamassa estiver sendo aplicada, peça a ajuda de alguém para acelerar o processo de sulcagem, que é feito usando a parte dentada da desempenadeira.

A sulcagem é um processo muito importante na hora de assentar porcelanato. Imagem: Laying Ceramic.

Esse processo de sulcagem é extremamente necessário, pois é ele que garante a aderência total do porcelanato. Toda a área com argamassa deve ser sulcada para um aproveitamento total do material.

Toda peça de porcelanato deve ser assentada em camada dupla, ou seja, além da camada de argamassa aplicada no contrapiso, deve ser aplicada outra camada no tardoz (verso) da peça.

Observe que no tardoz das peças existe uma seta. Então, quando for assentá-las, todas as setas devem estar direcionadas para o mesmo sentido. Lembres-se, também, dos niveladores, para que todas as peças estejam niveladas e com juntas idênticas.

E não se esqueça de escolher a desempenadeira correta para este tipo de serviço, observando formato e dimensões dos “dentes”.

Sempre instale os niveladores.

Coloque a peça

Agora, tudo o que você precisa fazer é assentar as peças com cuidado, movimentando-as até que elas atinjam a posição ideal. Isso feito, você já está quase terminando!

Limpe as sobras – elas são normais, você não fez nada de errado – e, após 2 dias, retire os niveladores com um martelo de borracha, sempre golpeando na mesma direção da junta. Depois de limpar o piso, aplicar o rejunte nos vãos entre uma peça e outra.. Não tenha medo de fazer bagunça, já que o rejunte deve ser muito bem aplicado para garantir a fixação das peças e a impermeabilização do piso.

Feito isso, você só precisa esperar alguns dias para a secagem e pronto! Seu piso está instalado!

Gostou dessas dicas e desse pequeno passo a passo sobre como colocar porcelanato? Confira também nossa página no Facebook para ficar por dentro de mais dicas como essas.